Ciclista devem respeitar as leis de trânsito SIM!

Ciclistas e as leis de trânsito

Olá pessoal!

 

Sou Sannio do Nascimento, formado em Administração Pública pela UFSJ, trabalho na Regional de Saúde de São João del-Rei e Tutor Presencial na UNOPAR – Pólo de São João del-Rei. Pedalo com uma OGGI denominada carinhosamente de SPIDER!

 

Como um apaixonado por ciclismo confesso ter ficado perdido em qual o nosso primeiro tema, uma vez que nossa região nos oferece muito material top: ciclistas de Elite Nacional, equipes de pedal, trilhões, reuniões, etc.

 

Perceberam que temos muito que conversar, mas antes de tudo, nós ciclistas (todos aqueles que usam a bike para algum motivo, para deslocar para o trabalho, realizar mandados dos pais, trilhas ou estrada) temos nossos direitos, mas também nossas obrigações. Nossos direitos abordaremos depois, pois sem respeitar nossas obrigações os nossos direitos acabam!

 

O ciclista tem deve ter mesma atenção que o motociclista, o motorista, o pára-quedista, o surfista, o mágico, pois é quando não se espera é que acidentes acontecem.

 

A Bicicleta (bike ou magrela) é um veículo e por isso deve sempre respeitar as regras de circulação. Logo, aquele “trem” de passar no sinal vermelho na maciota é errado. É bonito: Não! Ganha tempo: Não! Pode machucar: Pode! Pode matar: Pode também!

 

Quando o ciclista passa no sinal vermelho ele se expõe ao risco de ser atropelado (ao desrespeitar o sinal vermelho e ao desrespeitar o sinal verde do outro está desrespeitando o próximo) ele ainda pode atropelar um pedestre que está atravessando a rua. Daí machuca todo mundo!

 

O ciclista quando em via movimentada deve utilizar seus braços como seta. Se bike é veículo e veículo tem seta, a seta do ciclista é o uso dos braços para demonstrar para qual direção o ciclista vai se deslocar, se vai virar à direita, à esquerda, se vai diminuir ou até mesmo se tem um obstáculo grande na via que impossibilita a transposição sem parar a magrela.

 

Sinalizar é questão de segurança do ciclista! A não ser que o cara tem a certeza que o condutor que está atrás dele tem o dom de ler mente, sei lá, tipo um X-Man Driver ou coisa parecida!

 

Agora a maior das aberrações, aquela desculpa esfarrapada e que coloca todo mundo em risco: andar na contramão! Nunca faça isso! Primeiro porque a regra de trânsito não permite que o ciclista faça isso e segundo porque além das regras não permitirem ela não coloca ciclista como exceção.

 

Dessa forma, aquela babozeira de que ciclista pode andar na contramão é apenas babozeira mesmo. Se o ciclista for atropelado por um carro, moto, caminhão, ônibus espacial ou por um navio, ele vai se machucar vai danificar o bem alheio e ainda corre o risco de pagar tudo. Se esbarrar no Gol Bolinha o prejuízo no bolso é grande, imagina com tantos Camaros, Volvos, BMW’s, dentre outros super-carrões circulando por ai!

 

Se for entrar na contramão, lembre-se que a via não é de sua preferência. Ao avistar outro veículo encoste a bike e permita a passagem do outro. Ás vezes a rua é curtinha e vazia e vai economizar um bom tempo na volta pra casa após o trabalho.

 

Outra aberração que vemos por ai é andar sobre calçada. Ciclista não faça isso! É contra lei de trânsito, além de ser falta de educação. O risco de machucar alguém saindo de casa é grande. Imagine uma criança saindo de casa no jeito criança de ser (correndo loucamente cheia de energia que a idade permite) e o “ciclistão” ali, todo errado! Não, não vamos pensar, vamos evitar!

 

E tem gente que anda com pessoas na barra, carregando criança no trânsito pesado de final de tarde, nas calçadas, na contramão e quando não mistura tudo isso na mesma situação.

 

Quando for pedalar de noite é importante o uso de luzes pisca-pisca na parte de trás da bike (geralmente povo coloca no canote, que é aquele ferro que segura o celim, que este por sua vez é o banco), lanternas na parte da frente, capacete e andar sempre na direita, ali onde andam os veículos mais lentos.

 

Acidentes acontecem sim claro, mas se a gente fizer a nossa parte, nosso risco diminui. Tenho e devo respeitar as leis de trânsito quando estou ao volante, assim como devo respeitar quando estou na bike.

 

Ah… não poderia de deixar de falar que ao desrespeitar as leis de trânsito o ciclista pode tomar multa!

 

Quando falamos isso sempre tem alguém que fala: Ah, multa é comedeira! Eu falo: Desrespeitar as leis de trânsito é falta de educação!

 

Como quem está errado sempre tentar dar desculpinhas pronta, ele fala: Mas todo mundo errado! Carro anda errado, moto anda errado, ciclista anda errado! Nesse caso é questão de inteligência, se sabe que todo mundo está errado, não seja como todo mundo. Faça sua parte. Faça como deve ser feito! Faça correto!

 

Logo nos encontramos aqui com outro assunto!

Tenham uma boa semana!

 

Samuel Nascimento

  • Idealizador do Site Del Rey Esportes
  • Tricolor Nato | Responsável pelo Instragram Tricolor São João del Rey
  • Nascido em 16/05/1986

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *