Athletic apresenta seu elenco para a temporada 2019

Em cerimônia realizada no salão do meio da  sede social do Athletic, foi apresentado o elenco que disputará o módulo II da primeira divisão do Campeonato Mineiro de 2019.

O clima chuvoso não foi suficiente para desanimar a briosa torcida athleticana. Esta, embalada pela charanga, entoou seus belos cânticos e aplaudiu os jogadores como se estivesse no próprio estádio.

O ambiente festivo, que parecia uma autêntica “happy hour” de sexta  feira, dava o tom do evento. Certamente a heroica campanha na segundona do ano passado, após um longo intervalo de 50 anos sem disputar uma competição em nível profissional, elevou a auto estima da torcida alvinegra. A epopeia despertou o orgulho de ser athleticano e o fato de poder sonhar com conquistas ainda maiores, criou uma expectativa que há muito não se assistia na cidade.

O primeiro a falar foi o competente diretor de futebol, Fábio Mineiro. Além de dar boas vindas aos jogadores,  elogiou o trabalho realizado na construção de todo o plantel, exaltou a centenária história do Clube e aproveitou para comunicar que o elenco não está fechado, prevendo a necessidade de trazer, nas suas próprias palavras, “mais dois ou três atletas para compor o elenco”.

Se alguém ainda tinha alguma dúvida em relação ao compromisso da nova administração em dar prosseguimento ao vitorioso projeto, ela foi dirimida com as palavras do presidente Leandro Bini, que subiu à tribuna visivelmente  emocionado. Entre juras de amor ao clube, prometeu despender todos os esforços em prol do maior objetivo esportivo do Esquadrão, um novo acesso, se possível com título. Por fim, lembrou a importância dos patrocinadores e enalteceu o trabalho de seu antecessor, Claudio Gonçalves.

Logo após a fala do presidente, tivemos as apresentações da diretoria e da comissão técnica. Destaque para o treinador Cícero Júnior, que teve contrato renovado. Apesar das várias sondagens recebidas no período de férias. Eleito pela Federação Mineira como revelação do campeonato do ano passado, despertou o interesse de vários clubes. Sempre muito solícito, mesmo diante da correria, concordou em responder algumas rápidas perguntas ao Del Rei Esportes, que serão transcritas ao final da matéria.

O ambiente estava tão animado que até o mascote do Esquadrão foi festejado pelos torcedores. Em seguida, ao som do hino do clube “atleticanos somos valorosos…”, foram apresentados os jogadores. Em que pese ter ovacionado todos os atletas, a torcida delirava quando jogadores da cidade eram chamados ao palco. Quando Edson Zezão foi anunciado, a galera veio abaixo, parecia até comemoração de gol.

Elenco e Comissão Técnica  Foto: Athletic Club

 

Comissão Técnica Foto: Athletic Club

 

A seguir a relação completa dos atletas e comissão técnica:

 

Goleiros: Jonatha, Vinícius e Douglas.
Laterais: Léo Gonçalo, Hyago, Guilherme Morassi e Nathan.
Zagueiros: Thalles, Lucas Barboza, Igor Zezão, Neto, Ruan e Renan.
Volantes: Filipe, Bruno Gomes, Salatiel e Léo Murilo.
Meias: Emerson Sato, Jordano e Giovani.
Atacantes: Mococa, Dedé, Edson Zezão, Rudimar, Emerson Santana e Igor Felipe.
Comissão técnica:
Técnico: Cícero Júnior
Auxiliar técnico: Ricardo Santos
Preparador físico: Diogo Carvalho
Preparador de goleiros: Paulo Sérgio Rocha
Analista de desempenho: Marcos José
Fisioterapeuta: Felipe Del-Vecchio
Massagista: Admilson Eloi
Roupeiro: Carlos Gonçalves (Carlão)
Mordomo: Júnior Caetano
Supervisor: Willer Silva
Coordenador: Magno Santos

 

 

Após a apresentação do elenco a  nossa equipe conseguiu falar com o Treinador Cicero Junior.

 

DRE: Qual a sua expectativa para a próxima temporada???

A melhor possível, mas temos que esquecer 2018. Ainda hoje, falei  até com os atletas que no futebol a memória é curta, então não adianta ter feito essa campanha em 2018, ter subido, feito essa campanha inédita só serve pra história, para livro e para arquivo. A gente agora tem que continuar trabalhando pois  aumentaram os olhares em relação ao Athletic. Era uma equipe desconhecida e agora já é conhecida, a nossa forma de trabalhar também foi conhecida, então temos que criar variáveis e ficar mais atento nos treinamentos, para a gente continuar surpreendendo.

DRE: Mais um detalhe, dentro das quatro linhas o seu time era uma equipe que gostava de ficar com a bola, de marcar alto, de jogar compactada, de praticar um futebol bem ofensivo e mais vistoso. Isso é um estilo que vc gosta ou foi uma questão dos jogadores que vc tinha à disposição?

São duas situações, eu gosto muito daquele estilo e conseguimos implantar nos treinamentos. Mas o  mérito tem que se dividido com os atletas, ques souberam absorver isso e souberam levar pro campo. Procuramos contratar jogadores com as mesmas características, para exercerem as mesmas funções, é lógico que existem as individualidades, alguns atletas  são melhores que outros e a gente tem que entender o que foi feito no passado, começar tudo de novo, pois apenas dois atletas que atuaram como titulares naquela partida do Independência, permaneceram no elenco. Mas a filosofia é a mesma, tem que ter o dna do Athletic, jogando dentro e fora de casa, sempre buscando o gol, tem que ter foco pra marcar bloco alto e ficar com a bola como você disse.

 DRE: Uma última pergunta, faltando aproximadamente 30 dias para a estreia qual a programação? Algum amistoso marcado? 

A gente já soma quatro dias de trabalho, treinando em dois períodos. Realizamos os testes físicos e os exames médicos. Dia 12 a gente faz um jogo em Divinópolis contra o Guarani, em um jogo que antecede a estreia do Guarani na primeira divisão, vamos lá em Divinópolis. Me parece que tem outro amistoso na quarta feira posterior, mas ainda não está definido. No  dia 26 eu pedi um amistoso aqui em São joão pra gente apresentar o time para a torcida.

 

 

 

Fernando Souza

Fernando Souza é Rubro Negro nato, torcedor do Athletic, formado em Filosofia pela UFSJ,  apaixonado pela  cultura mineira e aficionado pela história do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *