Athletic joga mal e perde de 3 a 0 para o Serranense

Na sua estréia fora de casa, em confronto realizado na Arena dos Calçados, em Nova Serrana, pela segunda rodada do módulo II, o Athletic jogou muito mal e perdeu de 3 a 0 para o Serranense.

A equipe mandante, comandada por Gustavo Brancão, começou melhor e se aproveitou da letargia da equipe visitante. Regida pelo seu camisa 10, Wendel, o Serranense fez 2 gols em um espaço de  2 minutos e com 11 minutos da primeira etapa já vencia por 2 a 0.

Com uma escalação diferente daquela que iniciou o jogo contra o Democrata, Cícero Júnior teve que sacar Neto por motivo de contusão e voltar com Lucas Barboza para a zaga. Na meia cancha, colocou Matheus ao lado de Bruno.

Com o intuito de fortalecer o lado esquerdo, que por vezes se mostrou vulnerável na estréia contra o time valadarense, Edson Zezão deu lugar a Nathan, lateral esquerdo de origem.

Lances da partida. Foto: Athletic Club

O primeiro gol saiu da cobrança de escanteio, Wendel limpou e bateu para o gol, a bola rebateu na defesa alvinegra. Foi quando o zagueiro Thales tentou afastar, mas a bola estourou no árbitro e voltou para a área. Michel Eloy aproveitou para  chutar e abrir o placar.

Dois minutos depois, quando o Athletic ainda não tinha digerido o gol sofrido, a equipe da casa voltou a marcar. Após envolver a marcação adversária em uma troca de passes que iniciara em seu próprio campo, Tiaguinho recebeu livre na pequena área para fazer o segundo gol.

Lances da partida . Foto: Athletic CLub

O time visitante parecia não se encontrar e pouco conseguia fazer. Mococa era quem mais tentava, muitas vezes em jogadas individuais. Mas, era logo desarmado pelo eficiente sistema defensivo  do Serranense.

Para o segundo tempo, o treinador são-joanense, com o intuito de  aumentar  o poderio de seu ataque, tirou o lateral esquerdo Morassi e colocou o artilheiro Igor Felipe. Nathan passou a jogar como lateral.

Já o Serranense, com a folga no placar, soube administrar muito bem a vantagem adquirida no comecinho da partida.

Aos 14 minutos, após mais uma bola mal afastada pela defesa do Athletic, a pelota  foi lançada para Wendel, que dominou com tranquilidade e fez o terceiro do Serranense. Embora o auxiliar tenha marcado impedimento, o árbitro chamou para si a responsabilidade e, após algum tempo resenhando com o bandeira, validou o gol.

Já com a desvantagem de 3 gols, o Athletic foi para o “tudo ou nada”. Cicinho colocou Edson Zezão e Emerson nos lugares de Rudimar e Sato.

Lances da partida. Foto: Athletic Club

Aos 23 minutos, um alento para o time de São João Del Rei, o volante Miguel foi expulso ao tomar o segundo amarelo por conta de um carrinho por trás.

Mas, ainda assim, a apatia continuava. Nem a outra expulsão, ocorrida aos 33 minutos, quando Tiaguinho levou o segundo amarelo por atingir o rosto do adversário em uma disputa de bola, foi suficiente para ajudar a equipe reagir.

Como o Serranense, já com dois jogadores a menos,  não demonstrava interesse pela partida e o Athletic não conseguia sequer  pressionar,  o jogo se arrastou até o apito final do árbitro.

O esquadrão volta a jogar no próximo sábado, 23/02/2019, às 16 horas, em Sete lagoas, contra o Democrata.

Ainda pelo módulo II, em Teófilo Otoni, América e Uberaba empataram em 2 a 2. Já em Sete Lagoas, Democrata e Coimbra não saíram do 0 a 0.

A rodada continua no dia 18/02/2019, segunda feira, com os seguintes jogos:

Democrata de Valadares x Ipatinga

Nacional de Muriaé  x  CAP Uberlândia, em Muriaé

Os onze iniciais na partida foram:

Fernando Souza

Fernando Souza é Rubro Negro nato, torcedor do Athletic, formado em Filosofia pela UFSJ,  apaixonado pela  cultura mineira e aficionado pela história do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *