Athletic vence Uberaba por 3 a 1

Neste sábado de Carnaval, pela quarta rodada do Módulo 2 do Campeonato Mineiro, tivemos o encontro entre Athletic x Uberaba, no estádio Joaquim Portugal, em São João del Rei.

Após conquistar apenas um ponto em duas rodadas jogando fora de casa, o Athletic reencontrava sua torcida precisando vencer em seus domínios para brigar por algumas posições na parte de cima da tabela.

 

Começando o jogo com uma intensidade avassaladora, o Esquadrão subiu a Marcação pressionando o Uberaba em seu campo de defesa, e com apenas cinco. Minutos de jogo, o centroavante Rudimar assinalou a lei do ex-time colocando a equipe são-joanense na frente. O artilheiro fez seu primeiro gol com a camisa do Athletic.

Vindo de um resultado adverso em sua casa, os jogadores do Uberaba não conseguiam ultrapassar o meio de campo. Para piorar, apelavam para sucessivas faltas na tentativa de conter o ímpeto dos donos da casa.

O juiz Adílio Ribeiro da Silva precisou reprimir a violência praticada pelo Zebu,E com nove minutos expulsou, com o vermelho direto, o experiente zagueiro Negrette. O carrinho por trás, longe da área e numa jogada que não oferecia perigo de ataque na área do Uberaba expunha o palpável nervosismo que tomava conta dos atletas colorados.

Rudmar sendo atendido apos a entrada dura de Negrette

Com a vantagem, o Athletic aliviou a pressão aproveitando os espaços em campo. Chegando ao final do primeiro tempo, o Esquadrão saiu em um contra-ataque rápido que precisou ser parado com falta pelo volante Alan Ribeiro, que estava pendurado com um amarelo. Ao levar o segundo cartão, o Uberaba terminava o segundo tempo em desvantagem e com apenas oito jogadores na linha.

Na volta para a segunda etapa, prevendo maior rigor da arbitragem com seus atletas, Cícero Júnior sacou Rudmar e Nathan, os dois que já estavam pendurados. Entraram Sato e Morassi.

Morassi e Sato se preparando pra entrar na segunda etapa.

Mas, mesmo com a forte bronca revelada pelo treinador na coletiva após o jogo, quem marcou foi o Uberaba. Em uma jogada despretensiosa, que começou com o goleiro Luan quebrando a bola para o seu campo de ataque, a pelota acabou sobrando para o artilheiro Wallace, que com muita categoria, fintou o zagueiro e desferiu um belo chute no ângulo esquerdo do goleiro Gilson.

Quem pensou que o gol iria desestabilizar a equipe da casa, foi enganado. Isso por conta que 4 minutos depois, em uma nova cobrança de falta, agora cobrada por Morassi, à bola atravessou a área e encontrou o camisa 10, Matheus, que só escorou para o gol.

Para não incorrer no mesmo erro, o Esquadrão queria aumentar a vantagem para definir logo a vitória. Aos 9 minutos, o lateral esquerdo Morassi avançou com a bola dominada e da intermediária soltou uma bomba indefensável, que estufou a rede do arqueiro. Athletic 3 a 1.

Na sequência, antes mesmo do USC reiniciar a partida, Cicinho promoveu a sua última substituição. Salatiel, que voltou a fazer um bom jogo, saiu para a estreia do talismã Jordano na atual temporada.

Daí até o fim, o Athletic, em que pese ter criado algumas chances, soube administrar muito bem a partida. Nos minutos finais, a torcida ainda entoou um entusiasmado “olé”.

Agora a equipe de São João del Rei soma 7 pontos e ocupa a quinta colocação, mas com o WO do Tricordiano na próxima rodada, já estão garantidos os 3 pontos.

Ainda pela quarta rodada, no Parque do Sabiá, tivemos a vitória de 3 a 2 do Uberlândia em cima do Nacional de Muriaé. Em Teófilo Otoni, América e Democrata de Valadares ficaram no 2 a 2. Na Arena dos Calçados, em Nova Serrana, o Serranense bateu o lanterna, Democrata de Sete Lagoas, por 4 a 2. No Ipatingão, Ipatinga e CAP Uberlândia não saíram do 0 a 0.

Na próxima rodada o Athletic folga. O USC pega, no Uberabão, o Ipatinga em um dramático confronto.

Tabela Modulo II . Fonte: www.fmf.com.br

Confiram as entrevistas , coletiva e fotos da partida

Lucas Barbosa

Mococa

Sato

Rudmar

Guilherme Morassi

Coletiva do Cicero Junior

 

Fernando Souza

Fernando Souza é Rubro Negro nato, torcedor do Athletic, formado em Filosofia pela UFSJ,  apaixonado pela  cultura mineira e aficionado pela história do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *