Athletic perde novamente, dá adeus ao sonho do acesso e ainda sofre com ameaça de ser rebaixado.

O Athletic foi ao Parque do Sabiá e perdeu de 3 a 1 para o Uberlândia. Foi a quarta derrota seguida do Esquadrão no módulo II. Com isso, o sonho do acesso deu lugar à luta para não cair.

A equipe são-joanense começou assustando o time do Uberlândia.  Em boa jogada pela meia esquerda,  Morassi tocou para Rudimar, que iria  entrar sozinho na área,  mas acabou atrapalhado pelo goleiro.

Logo em seguida, Mococa, o melhor do Athletic, em jogada de contra-ataque, arriscou de fora da área, à bola passou perto do poste.

Mas, aos 13 minutos, em erro infantil na saída de bola da defesa athleticana, o Verdão abriu o placar. Aslei aproveitou um passe errado de Morassi e cruzou para Julian marcar de cabeça.

Aos 18 minutos, Léo Gonçalo, que estava improvisado na lateral esquerda, se envolveu em confusão com o atacante Aslen.  Ambos foram expulsos de campo.

O alvinegro foi para o ataque, mas deixou muitos espaços no setor defensivo. Aos 26 minutos, em uma rápida jogada de transição, a equipe uberlandense se aproveitou para ampliar. Fernandinho recebeu no costado da zaga e atirou para o gol, Gilson fez grande defesa, mas a bola sobrou para o artilheiro Julian fazer seu décimo gol na competição.

Até o fim da primeira etapa, só deu Uberlândia. Destaque para Fernandinho, que infernizou a defesa dos visitantes.

 

Segundo Tempo

 

No segundo tempo, a equipe da casa, já com vantagem de dois gols, voltou tentando controlar a partida e fazer o tempo passar.

O Esquadrão não se encontrava na partida e tinha dificuldade para articular as jogadas. Aos 14 minutos, Cícero Júnior sacou Bruno Barroso, para colocar Eduardo Nardini. O time ganhou em posse de bola, mas não o suficiente para incomodar os mandantes.

Aos 26 minutos, Matheus deu lugar a Emerson Santana. A equipe são-joanense se animou e melhorou o seu desempenho.

Minutos depois, aos 28, Mococa se aproveitou de uma bola disputada por Nardine na área, e sofreu penalidade máxima. O atacante bateu e fez seu primeiro gol com a camisa do Athletic.

O Esquadrão ensaiou uma pressão e começou a assustar o Uberlândia. Contudo, em seu melhor momento na partida, a defesa, em jogada bisonha, se atrapalhou toda e praticamente deu o gol para os adversários. Isso foi aos 40 minutos, quando Gilson jogou a bola para o zagueiro, que achou que a arbitragem havia marcado impedimento e pegou a bola com a mão. O árbitro marcou falta. Enquanto os jogadores alvinegros reclamavam, o Uberlândia bateu rápido e Hugo entrou sozinho para marcar o gol da vitória do Uberlândia.

Agora, o Athletic, sem chances de G4 e ameaçado pelo rebaixamento, se prepara para o confronto direto contra o América de Teófilo Otoni, no próximo sábado, no Joaquim Portugal. O clube precisa de uma simples vitória para escapar. Um empate levaria a decisão para a rodada final contra o Nacional, em Muriaé.

Já o Uberlândia, segue firme, agora garantido entre os quatro primeiros, na sua missão de retornar à elite do futebol mineiro. Na próxima rodada, vai ao Ipatingão duelar com o desesperado Ipatinga.

 

http://fmf.com.br/Competicoes/ProxJogos.aspx?d=2

 

Fernando Souza

Fernando Souza é Rubro Negro nato, torcedor do Athletic, formado em Filosofia pela UFSJ,  apaixonado pela  cultura mineira e aficionado pela história do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *